Qual é o instrumento mais divertido de tocar? Essa é uma pergunta colocada por todos os que já pensaram em aprender um instrumento mas ainda estão com dúvidas. A resposta é subjetiva e depende do objetivo de quem quer aprender a tocar: pretende fazer uma carreira na música ou apenas tocar para os amigos? Quer aprender algo de novo muito rapidamente ou investir num “hobbie” para desenvolvimento pessoal, que ajude a combater o stress? Confira abaixo algumas possibilidades.

Bateria

Para os mais jovens, e em especial para os mais “cool” que adoram ritmo e movimento, a bateria pode ser um passo lógico.

Guitarra, piano

InstrumenElectric_guitar_(477101105)tos como a guitarra ou o piano têm um aprendizado mais longo que a bateria, mas por isso mesmo o resultado final pode ser bem mais desafiante. Pianistas e guitarristas experimentados conseguem fazer espetáculos a solo que nem todos os outros conseguem fazer.

Sintetizadores eletrônicos

Muitos pensam no DJ como o profissional da música mais “cool”, sempre vivendo em festa e divertindo-se enquanto trabalha. Se isso é seu ideal, faça experiências com sintetizadores eletrônicos ou no computador e promova suas capacidades. O sintetizador é, curiosamente, um instrumento adequado para quem sente que o talento para a música está na sua criatividade e no intelecto, dispensando o “virtuosismo de artista” que é necessário para um pianista ou um guitarrista. Mas lembre-se: se o trabalho do DJ lhe parece menos formal ou menos clássico que a formação em piano, vai precisar conhecer e saber tanto de música como o pianista.

Tuba

A tuba é o maior e mais pesado dos instrumentos de sopro, e por esse motivo, não é para todos. Se você é forte e grande, dominar a tuba pode ser mais uma forma divertida de mostrar a sua força. Além disso, o tocador de tuba tem a mesma função que o baixista ou contrabaixista, determinando o ritmo geral da música, como uma bateria mais desenvolvida.