Música de Piano

O piano é um dos instrumentos mais procurados para a formação inicial na música. É um instrumento muito versátil; o pianista de formação poderá mais tarde dar o salto para qualquer outro instrumento. Os grandes compositores clássicos deixaram-nos excelentes peças para piano, mas também é verdade que você poderá adaptar qualqupiano-1102805_960_720er música que queira a esse instrumento. Confira agora algumas das mais célebres composições para piano.

  • “Para Elisa”, de Beethoven, é uma das mais conhecidas músicas criadas para este instrumento.
  • “Marcha Turca”, de Mozart, rivaliza com a peça de Beethoven. Já todo o mundo ouviu esta peça para piano, pelo menos uma vez na vida. Não deixa de ser um sólido desafio, só para os pianistas mais experientes.
  • “Valsa Minuto”, como é conhecida a “Valsa em ré bemol maior”, opus 64, Nº 1, foi composta por Chopin em meados do século XIX.
  • “Rapsódia Azul”, de Gershwin, é uma peça criada para ser acompanhada por uma orquestra de jazz, mas não deixará de ser um grande desafio para tocar a solo. A composição ajudou a confirmar o compositor americano como um dos maiores do século XX.
  • “Luz da Lua”, de Claude Debussy, é uma peça mais melancólica e tranquila; a sua perfeição se explicará pelo fato de o compositor ter demorado 15 anos até a considerar completa.

Covers de músicas famosas

Já se imaginou a tocar “Come As You Are”, do Nirvana, em piano? Ou “Love Story”, de Taylor Swift? Ou até mesmo “Coração Sertanejo”, de Chitãozinho e Xororó? A versatilidade do piano também passa por aqui: concentrando-se na melodia e acrescentando acordes, você pode tocar praticamente qualquer música. Procurando na internet poderá encontrar exemplos de músicas famosas “transportadas” para o piano e também partituras e indicações para tentar em casa. Os pianistas mais experientes e com bom ouvido poderão também tentar interpretar a música sem qualquer partitura.