Música nos casamentos

A escolha da música para a cerimónia do casamento é um dos passos mais interessantes no planejamento do grande dia. É necessário que a música seja de acordo com o gosto dos noivos e também que não vá contra o tema ou a estética da festa. Mas que música escolher? Confira abaixo uma lista com algumas opções para a cerimónia de casamento.

Marchas Nupciais de Wagner e de Mendelssohn

Esses dois clássicos da música de casamentos são o ponto de partida para a escolha da música da cerimónia. Para quem não gosta desse estilo e quer algo mais contemporâneo, menos dramático ou menos grandioso, é possível ponderar uma versão mais moderna da marcha de Wagner, por exemplo, com um arranjo feito com guitarra clássica ou outro instrumento. Para quem ama a tradição ou sonha com uma cerimónia clássica num espaço religioso, Mendelssohn ficará perfeito.

Chegada da Rainha de Sabá, Handel~

Para quem quer variar dos grandes temas nupciais tradicionais mas manter-se num tom clássico, este tema de Handel torna-se uma surpresa agradável.

Somewhere Over The Rainbow, Israel Kamakawiwo’Ole

O malogrado cantor havaiano derreteu corações por todo o mundo com sua versão deste clássico. Imagine entrando na cerimônia ao som ligeiro e alegre do ukulele.

Fix You, ColdplayColdplay_Viva_La_Vida_Tour_in_Hannover_August_25th_2009

A banda de Chris Martin é uma das mais consensuais dos últimos anos, capaz de criar grandes hinos. “Fix You” é uma escolha simples e segura.

“Now That We Found Love”, Heavy D & The Boyz

Essa música foi a banda sonora da cena final do filme “Hitch – Conselheiro Amoroso”, com Will Smith e Eva Mendes. Para quem não viu o filme, trata-se de uma entrada completamente não convencional, com os noivos dando passos ousados entre o rap e o hip hop. Se quiser uma cerimónia totalmente original, confira os seus “moves” antes do grande dia!

Dica final: não escolha “One”, dos U2

Essa música é apontada como uma das mais românticas da banda irlandesa. Mas os próprios U2 sempre se mostraram surpresos por ser tocada em casamentos, porque sua letra conta uma história de separação, de um amor que terminou.